Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

domingo, 13 de dezembro de 2009

0 A dúvida que não quer calar e intriga os cientistas


A existência de vida fora da Terra é um dos temas que mais intrigam os cientistas. Até agora, nenhum dos planetas encontrados fora do Sistema Solar reúne condições para ser habitado. Mas a busca continua

Até hoje, os cientistas não encontraram nenhum planeta que, como a Terra, reúna as condições necessárias para a existência de vida. O que não significa que essa possibilidade esteja descartada. ``Não há nenhuma lei da física ou da química que impeça isso. Basta que existam em outros planetas condições semelhantes às existentes na Terra``, explica o físico e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), José Evangelista Moreira.

``Já foram encontradas centenas de planetas orbitando outras estrelas que não o Sol. Mas nenhum com condições parecidas com a da Terra, em termo de tamanho, de distância adequada até a estrela``, acrescenta o cientista. Ele lembra que as técnicas para descoberta de planetas ainda são limitadas. Mas os Estados Unidos e a Europa já planejam lançar sondas com tecnologia mais avançada. ``São espécies de telescópios apropriados para detectar a presença de todo tipo de planeta, inclusive pequeno como a Terra, em outras galáxias``, explica.

A existência de vida fora da Terra é um dos temas que mais intrigam os cientistas. ``Talvez essa seja uma das questões mais interessantes. O pessoal está procurando. Tem gente que busca até receber sinais de alguma civilização extraterrestre``, comenta Evangelista. Para isso, é usado o radiotelescópio, equipamento que capta ondas de rádio. ``Mas, até agora, não encontraram absolutamente nada, nenhum sinal``, pontua.

Evangelista lembra ainda que o assunto exige cautela porque é comum as pessoas confundirem fenômenos naturais com objetos vindos de outros planetas. ``Tem nuvens que são muito parecidas com discos voadores. E também, à noite, tem muitos fenômenos luminosos, estrelas cadentes, satélites artificiais, clarões meteorológicos, um monte de coisa que pode ser confundida. Muita gente que vê acha que é disco voador ou coisa do tipo``, exemplifica.

O jornal "O POVO" entrou em contato com a Força Aérea Brasileira (FAB) para saber se a Aeronáutica auxilia, de alguma forma, as investigações na área de ufologia. Por e-mail, a assessoria de imprensa da FAB informou que o Comando da Aeronáutica (Comaer) ``não dispõe de estrutura especializada para realizar investigações científicas a respeito desse tipo de fenômeno aéreo, o que impede a instituição de apresentar qualquer relatório sobre esses acontecimentos.``

Pelo sim e pelo não, segue abaixo a série da BBC "Estamos sós no Universo?" que tenta explicar esta que é a maior questão da humanidade:
 
Parte 1:
 

Parte 2:


Parte 3:


Parte 4:


Parte final:


Via O Povo.

Gostou deste artigo?
Por favor, seja o primeiro a comentar!

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
 
Created by Billy