Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

sábado, 29 de maio de 2010

0 Novo caça russo finalmente capturado em ação


Deliciem-se com estes vídeos detalhados sobre o titã criado para alcançar e acabar com os caças americanos de quinta geração. É o Sukhoi PAK-FA, e ele vem carregado de tecnologia vinda do outro lado da Cortina de Ferro.

Tradicionalmente, os caças antes soviéticos, agora russos são temidos no mundo inteiro. Mesmo os modelos hoje teoricamente ultrapassados - o MiG-29 Fulcrum e o Su-27 Flanker - ainda estão entre os caças mais eficientes e mais destrutivos do mundo. O Sukhoi PAK-FA chegou para substituir esses dois, e vai encarar os americanos F-22 Raptor e F-35 Lightning a partir de 2013.

O novo avião é derivado de dois projetos de pesquisa, realizados no final dos anos 80: o Sukhoi Su-47 Berkut de asas invertidas, e o caça Mikoyan Project 1.44 com asa delta (com formato da letra grega Δ). No entanto, o PAK-FA é muito mais avançado, e incorpora os sistemas de armas e de aviônica (eletrônica de aviões) mais recentes, e tudo o mais que se pode esperar de um caça de quinta geração.

 Sukhoi Su-47 Berkut

 Mikoyan Project 1.44

PAK-FA terá funções stealth - voar sem ser detectado - e de supercruzeiro - atingir velocidade supersônica sem a utilização de pós-combustão. Ele também usa muito superfícies mistas para reduzir seu peso, e tem uma cauda completamente móvel, em vez dos tradicionais lemes. O fator máximo de carga-g é 11g - quem estiver a bordo do caça quando ele fizer uma manobra a 11g vai ver objetos caindo a 11 vezes mais a aceleração da gravidade normal. O caça atinge velocidade máxima de Mach 2.45 (3.000km/h) a uma taxa de ascensão de 360m/s (ou 1.300km/h).

 O computador de bordo vai usar inteligência artificial para simplificar a vida do piloto - não, ainda não tem controles do cérebro direto para o computador. E, assim como as naves americanas de quinta geração, os Sukhois vão se interligar em rede uns com os outros, compartilhando informações sobre posicionamento, armamento e alvos, tudo em tempo real. O mais preocupante para os americanos é que o PAK-FA vai usar um sistema IRST de busca e rastreamento por infravermelho capaz de detectar o rastro de calor deixado por um F-22 a até 25 quilômetros de distância. O F-22, no entanto, não possui um sistema assim.


Em outras palavras: mal posso esperar pelo remake de Top Gun: Ases Indomáveis.

Gostou deste artigo?
Por favor, seja o primeiro a comentar!

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
 
Created by Billy