Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

sábado, 5 de março de 2011

0 KAMOV KA-50/ KA-52 BLACK SHARK. O tubarão negro


O estranho helicóptero Kamov Ka-50 Black Shark, ou “Hokun”, como é conhecido na OTAN, causou muita preocupação no fim da época de guerra fria, quando se ouvia boatos sobre um novo helicóptero se ataque soviético. Na verdade, naquela época o poderoso Ka-50 era um protótipo que concorria com o Mil Mi 28 Havoc para um lugar no exercito soviético, e o temor que havia sobre esse novo helicóptero, não foi exagero. O Ka-50 é um potentíssimo helicóptero com duas hélices sobre postas que giram em sentido oposto para eliminar o torque, comum nesse tipo de aeronave, e com isso se conseguir uma aeronave mais silenciosa, e ao mesmo tempo muito potente.

Este Hokun está pintado com um esquema de camuflagem para uso em ambientes desérticos. Nesse esquema de cores, se estranha um pouco pois este helicoptero sempre se apresnta com a cor negra

A velocidade, máxima, atingida, é de 340 km/h, por tanto, mais rápida que seu similar americano, o Apache. Essa ótima velocidade é conseguida graças a dois motores Klimov TV-3-117 VK com um rendimento de 2200 hp, o que também representa uma superioridade em força de empuxo de 504 hp a mais que no seu rival americano, Apache. A agilidade do Ka-50 pode ser traduzida, também, na capacidade de puxar 3,5 Gs, em manobra e de uma taxa de subida de 10 m/seg.

 O KA-50 é um dos mais potente helicopteros de ataque do mundo nos dias de hoje. Sua agilidade e forte armamento, lhe permite interditar o campo de batalha para as forças inimigas

O Ka-50 é monoposto, e a sua versão Ka-52 Alligator é biposto com a tripulação colocada lado a lado. As hélices, são ejetáveis, para permitir que os pilotos também ejetem, sendo, que o Ka-50/52, são os únicos helicópteros com a capacidade de ejeção dos pilotos, em operação hoje. O grau de resistência a danos é elevado, e houve um caso em que uma aeronave conseguiu voltar para a base depois de perder a cauda o que é impressionante. Um helicóptero com o rotor tradicional teria caído nessa circunstancia. A blindagem do helicóptero, é totalmente blindado contra munição calibre .50, ou 12,7 mm, além de que na “banheira”, onde o piloto fica, a blindagem segura projéteis de 23 mm.

Aqui nós temos uma imagem do KA-52 Alligator onde podemos ver a disposição dos assentos lado a lado. Nesta versão o forte armamento foi preservado

O Ka-50 está operacional no exército russo desde 1995, e foi usado na Chechênia com total sucesso, sendo que era possível lançar foguetes, com precisão, no dobro de distancia que se conseguia com os antigos Mil Mi 24 Hind. Existe uma versão de ataque noturno conhecido como Ka 50 N, que usa o sistema de imagem térmica Samshit 50 T, designador laser de alvos, com alcance de 10 km, e sistema de TV para acoplamentos de alvos de dia. Esse sistema aumenta em muito a letalidade do Ka-50. Além desses aviônicos é possível transporta em um dos pilones das semi-asas um radar de microondas. Recentemente, foi apresentada numa grande concorrência para equipar o exército turco com um novo e moderno helicóptero de ataque, uma versão feita conjuntamente com as industrias de Israel, conhecida com Ka-50-2 Erdogan em que há uma mudança no desenho da cabine disponibilizando um segundo assento em Tandem, como nos helicópteros ocidentais de ataque. As companhias francesas Thonson-CSF e a Sextant Avionique oferecem sistemas para clientes que queiram substituir os sistemas russos por outros ocidentais, para o modelo Ka-52 Alligator, o que é muito interessante para potencializar a exportação para países sem tradição de compra de equipamentos russos.

Uma maquete do helicoptero de ataque KA-50-2 Erdogan que estava sendo oferecido para o exercito turco em uma concorrência internacional. modelo russo foi desclassificado em favor do AH-1Z Zulu Cobra

O armamento usado neste poderoso helicóptero é seguramente, um dos mais pesados, em termos de poder de fogo já construído. O único concorrente, que pode ser usado em uma comparação objetiva é o Boeing AH-64D Apache Longbow. Para começar a descrição deste aspecto do Ka-50, basta dizer, que o piloto está equipado com o mesmo capacete HMD usado nos caças Mig-29 e Su-27 Flanker, para designação de alvos, e este sistema está integrado ao lançamento, pelo Ka-50, de mísseis ar ar R-73 archer, com capacidade de lançamento fora do ângulo de visada do helicóptero. De cara, nenhum helicóptero, no mundo, hoje, é armado com um míssil com essa capacidade para combate ar ar. Com esta arma, o Ka-50, seria um sério problema para qualquer aeronave, mesmo os de asa fixa, a jato, como caças voando baixo. Contra tanques de guerra, o armamento principal é o míssil AT-16 Vihr, que além de ser um míssil supersônico, possui um excelente alcance de 8 a 10 Km. Este míssil usa uma ogiva de dois estágios moldada, perfurante de blindagem com capacidade de penetrar 1000 mm de aço. A guiagem inicial é feira por rádio controle, sendo que no final, o míssil segue um ponto laser que está iluminando o alvo. Como todos os helicópteros de ataque, o Ka-50 é equipado, também, com casulos lançadores de foguetes não guiados, de diversos calibres. O canhão automático instalado é um potente canhão de 30 mm modelo 2A42, com 460 cartuchos, e uma taxa de tiro regulável pelo piloto, de 300 ou 600 tiros/min. Uma característica negativa é que este canhão não é tão móvel quanto dos outros helicópteros de ataque, tendo sua mobilidade limitada em elevação de +10º e –45º. O alcance efetivo dos projéteis deste canhão é de 3 km. Uma outra arma que é possível transportar, são bombas de 500 kg, uma arma diferenciada, que normalmente não é usada pelos exércitos ocidentais em seus helicópteros de ataque.

Este Hokun decolça em alta velocidade e totalmente carregado de armas. As apresentações do Hokun nas feiras aéreas internacionais são sempre impressionates

Como se pode ver, o helicóptero Ka-50/52 são uma alternativa poderosa, para países que necessitem possuir um helicóptero de ataque pesado, e não queiram estar à mercê de restrições de exportação de produtos militares por nações como os Estados Unidos, que não são confiáveis fornecedores de armas, como se pode verificar nos exemplos de nosso vizinho a Venezuela, que tem seus F-16 americanos sem condições de vôo por motivo de discordância políticas com o governo norte americano, ou ainda, seu aliado, a Inglaterra, que está tendo problemas com a transferência de tecnologias avançadas do programa F-35, da qual ela não só ajuda a financiar, como faz parte do projeto JSF.

Visto de frente, o KA-50, impõe o terror de sua face agressiva. No campo de batalha, o inimigo deste helicóptero, não passa de mais um alvo

Ficha Técnica

Velocidade máxima: 340 Km/h
Velocidade de cruzeiro: 310 Km/h
Alcance: 460 km, 1160 Km de transalado
Razão de subida vertical: 600 m/min
Fator de carga: +3.5
Altitude maxima: 5500 m
Armamento: Um canhão 2A42 de 30 mm, 12 mísseis AT-16 Vikhr antitanque, 2 casulos com 20 foguetes de 80 mm, 2 mísseis ar ar R-73 Archer, 2 casulos com um canhão duplo de 23 mm,e bombas de 500 kg.

Um desenho em 3 dimensões do KA-50, com sua camuflagem para ambiente desértico

Veja um video do KA-50:

Gostou deste artigo?
Por favor, seja o primeiro a comentar!

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
 
Created by Billy